Saiba se seu corpo pode estar dando um infarto com esses sinais – 99Truques

Saiba se seu corpo pode estar dando um infarto com esses sinais

Artigo verificado

Atualmente, o infarto ainda é uma das coisas que mais atingem as pessoas em todo mundo, onde a probabilidade de resultar em óbito são altíssimas.

No entanto, como você sabe, o corpo é uma máquina, e para nossa sorte, ele ainda pode dar alguns sinais que ele possa vir a ter um problema cardíaco.

Ou seja, são sinais que você sente, e que podem ser facilmente visíveis, que ajudará a você controlar um possível problema enquanto há tempo.

Portanto, nesse artigo, citaremos os principais sinais que o corpo dar caso ele esteja perto de ocorrer um possível infarto.

Saiba se seu corpo pode estar dando um infarto com esses sinais

Lembrando que todos os sinais citados são comuns para um infarto, não necessariamente afirmando que possa ocorrer.

Nesse sentido, o mais ideal, caso você venha a ter esses sinais, é ir em busca de um médico.

1. Desconforto na região do peito

Um dos sinais mais comuns que uma pessoa pode vir a ter, antes de ter ou estar num possível começo de infarto, é o desconforto no peito.

Sendo assim, o desconforto que é sentido, traz uma sensação forte de pressão, aperto, plenitude ou até mesmo dor.

Além disso, esse desconforto pode vir e voltar, não sendo algo que é presente todo tempo, e que quando aparece dura um tempo bom.

Por conseguinte, acompanhado no desconforto no peito, outras áreas do corpo podem ficar desconfortáveis, como: braços, costas, pescoço, mandíbula ou estômago.

Portanto, caso você venha a sentir desconfortos fortes na região do peito, acompanhado de outras partes do corpo, poderá ser um sinal.

O ideal é você procurar se apoiar em algum lugar, e procurar se direcionar a um ambiente hospitalar para uma consulta.

2. Falta de ar

Esse com certeza é um dos sintomas mais presentes, e que ao mesmo tempo já induz a um estado avançado do infarto.

Nesse sentido, uma pessoa pode sentir como um único sinal de um possível problema, é a falta de ar, que requer um direcionamento urgente ao hospital.

Dessa forma, sendo ou não um começo de infarto, toda e qualquer falta de ar forte que for sentida, é muito importante ficar atento, e procurar um médico.

Ao sentir esse sinal, pare o que você estiver fazendo, e procure também ficar próximos de pessoas, para uma possível emergência.

Além disso, um grande erro de quem tem falta de ar é ficar nervoso no calor do momento.

No entanto, ao ficar nervoso, você pode piorar a situação. Ou seja, o ideal é que você mantenha a calma, procure respirar fundo, e procurar ajuda.

3. Tontura e suor frio

Além do aperto desconfortável na região do peito e outras áreas do corpo, outro sintoma que pode acompanhar ou vim sozinho no começo do infarto é a tontura e suor frio.

Assim, a queda de pressão repentina é uma das coisas que podem fazer isso acontecer, indicando um possível problema sério.

No entanto, não se desespere, pois são sintomas presentes em outros problemas, não indicando ao certo um problema cardíaco.

Então, caso você comece a sentir esses sintomas, mesmo que não acompanhado dos demais, pare o que estiver fazendo e procure ajuda imediatamente.

4. Cansaço fácil

Se você se sentir repentinamente cansado ou sem fôlego depois de fazer algo simples, como subir escadas, procure uma consulta com o seu médico imediatamente.

Dessa forma, a exaustão e a fraqueza no corpo, são um dos sintomas principais para doenças cardíacas.

Ou seja, se atividades que você praticava antes e não se sentia cansado, e hoje é um sacrifício, pode indicar um possível infarto, ou outros tipos de doenças cardíacas.

Portanto, principalmente as mulheres, fiquem atentas a esse sinal, para tratar quanto antes.

Considerações finais

Sabia que nem todas as pessoas que sofrem de ataques cardíacos apresentam os mesmos sintomas ou a mesma gravidade dos sintomas.

No entanto, quanto mais sinais e sintomas você tiver, maior a chance de ter um infarto.

Nesse sentido, o ideal é procurar ajuda imediatamente, uma vez que segundos podem salvar vidas.

Espero que tenha gostado.

Nos vemos em breve.

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *